Páginas

Receba mais dicas valiosas para você e seu negócio

Capas para piscina

via
Dicas:

Finalidade:
• proporcionar segurança para crianças e pequenos animais
• manter a água limpa
• economia, através da diminuição do uso de produtos químicos, mão-de-obra para limpeza e energia, pois a capa de proteção também inibe sensivelmente as perdas de calor

Descrição:
• vinilona reforçado c/ fios de poliester de alta tenacidade
• proteção contra raios UV, cloro e mofo
• espessura : 0,36 mm - peso : 370 gramas/M2 - cor : azul royal
• sistema de confecção (emendas e acabamento reforçado) em solda eletrônica
• fixação a cada 80 cm c/ cintas de polipropileno, reguladores travantes em nylon e pitões de latão
• reforço extra vulcanizado na área do ilhos e buchas de alumínio
• dreno p/ água de chuva: mangueira Kanaflex não flutuante, ponteiras e adaptador com rosca

Para instalação e uso diário da capa, a piscina deve estar cheia.






Fonte e créditos:  Maroan

Inflação oficial este ano tem leve queda e fica em 5,21%

Estimativa de analistas para inflação oficial este ano tem leve queda e fica em 5,21%


O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve fechar este ano em 5,21%, de acordo com a projeção de analistas do mercado financeiros consultados todas as semanas pelo Banco Central (BC). A estimativa está levemente abaixo do previsto na semana anterior (5,22%). Para o próximo ano, a expectativa é inflação mais alta, 5,60%, ante 5,53% previstos anteriormente.

Essas projeções estão acima do centro da meta de inflação de 4,5%, mas abaixo do limite superior de 6,5%. Cabe ao BC perseguir essa meta de inflação estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional. Um dos instrumentos para controlar os preços é a alteração na taxa básica de juros, a Selic.

Os analistas mantiveram a projeção da Selic em 8% ao ano no encerramento de 2012. Para o final de 2013, a projeção foi alterada de 9,75% para 9,5% ao ano. Atualmente a taxa básica está em 9% ao ano.

A pesquisa do BC também traz estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que passou de 4,55% para 4,62%, neste ano, e de 4,96% para 5%, em 2013.

A expectativa para o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) foi ajustada de 5,57% para 5,73%, este ano, e permanece em 4,9%, em 2013. Para o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), o ajuste foi de 5,42% para 5,48%, este ano. Em 2013, foi mantida a projeção de 5%.

A estimativa dos analistas para os preços administrados passou de 3,7% para 3,75%, em 2012, e continua em 4,5%, no próximo ano.



Campinas Decor

A 17ª edição da Campinas Decor acontece de 27 de abril a 17 de junho na Fazenda Santa Margarida, no distrito de Joaquim Egídio. São 48 ambientes cheios de ideias criativas para a decoração – desde soluções simples e baratas até as mais sofisticadas.




Onde: Fazenda Santa Margarida.R. Rubens Gomes Balsas, 311. Km 122 da Rdovia D. Pedro I. Distrito de São Egídio.

Ingresso: R$ 30,00. Idosos e estudantes pagam meia. Passaporte: R$ 50,00 (visitas ilimitadas).







Novas regras para poupança

Novas regras para poupança permitirão continuidade do crescimento sustentável



A mudança na remuneração da poupança foi necessária para adequar o Brasil a uma nova realidade econômica e ajudará na manutenção do crescimento sustentável, disse hoje (3) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. De acordo com ele, a regra atual criaria um obstáculo para o Banco Central continuar a redução das taxas básicas de juros.

Para que possamos baixar juros para o crédito, temos de destravar sistema fazendo a modificação da poupança. Precisamos retirar esse limitador da queda das taxas”, disse o ministro, ao anunciar as novas regras para o rendimento da caderneta.

Segundo o ministro, ao permitir a manutenção do ciclo de queda da Selic (juros básicos da economia), a alteração cria condições para a continuidade do crescimento sustentável do país. “Estamos em melhores condições que as economias europeias e norte-americana. Para dar continuidade ao crescimento sustentável, precisamos fazer reformas que reduzam o custo financeiro e barateiem o crédito”, declarou.

O critério atual de remuneração da poupança – de 6,17% ao ano mais variação da Taxa Referencial (TR) – vai ser substituído pela variação da TR mais 70% da Selic, quando a taxa básica de juros chegar a 8,5% ao ano ou menos. Atualmente, a Selic está fixada em 9% ao ano.

A alteração valerá apenas para os depósitos feitos a partir da edição da medida provisória. Assim, quem tem uma caderneta de poupança terá o saldo corrigido de duas formas: pelo rendimento tradicional, para o dinheiro guardado até hoje e pela nova regra, para os futuros depósitos.

A mudança na remuneração da poupança vai permitir que o governo continue a baixar os juros sem que os grandes investidores se sintam estimulados a migrar para a poupança e deixem de comprar títulos públicos. Também ampliará o alcance da política monetária, à medida em que os aplicadores se sintam estimulados a guardar dinheiro na poupança quando o Banco Central aumentar os juros básicos e a gastar recursos da caderneta em momentos de queda da Selic.

A dívida pública é um mecanismo essencial na administração das contas do governo. Por meio da emissão de títulos públicos, o governo pega recursos emprestados de investidores para honrar compromissos de curto prazo. Em troca, o Tesouro Nacional compromete-se a devolver o dinheiro, acrescido de alguma correção, que pode ser definida com antecedência (no caso dos títulos prefixados) ou seguir a Selic, a inflação ou o câmbio.