Páginas

Receba mais dicas valiosas para você e seu negócio

Donos deverão vender imóveis a inquilinos de mais de 20 anos na Venezuela


Venezuela: Ministério da Habitação adverte que a multa inicial em caso de descumprimento da lei será equivalente a 254 mil bolívares (cerca de R$ 91,5 mil)

Os proprietários de imóveis alugados na Venezuela há 20 anos ou mais deverão vendê-los a seus locatários em um prazo irrevogável de 60 dias ou enfrentar multas cuja mora levará a posteriores embargos, segundo um decreto publicado nesta segunda-feira.

O decreto do Ministério da Habitação adverte que a multa inicial será de 2 mil Unidades Tributárias, equivalente a 254 mil bolívares (cerca de R$ 91,5 mil), que deve ser paga em um período de cinco dias.

A multa dobrará se caso não seja paga nesse tempo e, depois disso, de se manter a mora, "a Superintendência Nacional de Arrendamentos (SNA) solicitará o embargo executivo correspondente sobre o imóvel ou os imóveis objetos da multa", afirma.

Em uma primeira reação, Roberto Orta, presidente da Associação de Proprietários de Imóveis Urbanos (Apiur), classificou a lei como "inconstitucional".

Em entrevista à emissora "Notícias24", Orta disse que se trata de uma medida que "despoja de sua propriedade" locadores legítimos, apesar de a Constituição só prever a desapropriação e o confisco, com o respectivo pagamento de uma indenização.

Além disso, acrescentou Orta, "muitos desses edifícios são ocupados por pessoas da terceira idade", que os bancos não os considera à hora de outorgar créditos.

O governo do presidente Nicolás Maduro, adicionalmente, ainda não fixa os novos valores por metro quadrado de construção que devem reconhecer o índice inflacionário, que em 2013 foi de 56,2%, acrescentou o titular da Apiur.

Hugo Chávez (1999-2013) lançou em 2011 a Gran Misión Vivienda, um programa para fazer frente ao déficit de imóveis que a Venezuela vive e que, segundo números oficiais, afeta 3,7 milhões de chefes de família sem casas ou com casas ainda não pagas.

O plano se baseia na assinatura de diversos convênios com dez países, entre eles, Rússia, China, Uruguai e Belarus e, até meados de 2013, o governo informou sobre a entrega de 415.218 casas em todo o país.


O que Shakespeare pode ensinar sobre empreendedorismo

Embora pareça incomum, o escritor pode ensinar algumas lições de empreendedorismo.
É importante que você esteja disposto a inovar e assumir os riscos por aquilo que está fazendo. 


Você não precisa ser uma pessoa excessivamente culta para ter ouvido falar sobre Hamlet, Romeu e Julieta, Othello ou Sonhos de uma Noite de Verão. Todas elas são obras de William Shakespeare, famoso romancista e dramaturgo inglês. O que ninguém sabe, no entanto, é que o autor pode ensinar valiosas lições de empreendedorismo para os empresários criativos e inovadores. 

Embora pareça incomum, o escritor pode, sim, ensinar a você algumas lições de empreendedorismo, desde que você esteja disposto a inovar e assumir os riscos por aquilo que está fazendo.

O primeiro passo é exatamente esse: arriscar. Você não poderá fazer nada se estiver preso sempre no mesmo modelo. Assim como o escritor, que saiu de sua cidade no interior com nada além do seu talento – Shakespeare não tinha dinheiro ou mesmo um curso universitário – você deve ir adiante nos seus projetos.

Outra coisa que você deve pensar ao renovar a sua empresa é a sua audiência; não fique preso a apenas um tipo de cliente. Enquanto se baseava em um patrono o rendimento do escritor foi limitado pela generosidade do patrão, tornando-se vulnerável aos caprichos daquele que o bancava. 

No entanto, quando passou a atender diversos clientes Shakespeare viu o seu rendimento crescer significativamente. Isso significa que você não deve confiar em uma única fonte de renda, mas fazer a sua receita crescer oferecendo o seu trabalho para um público mais vasto.

Entretanto, não adianta estar disposto a implantar todas essas inovações se os seus sócios não mostram interesse no desenvolvimento. Outra vez aqui é possível aprender com Shakespeare. 

Embora fosse um ator competente (o escritor também atuava em algumas de suas peças), Shakespeare não era a estrela do show. Na sua empresa as coisas devem funcionar da mesma maneira: as contribuições devem ser feitas igualmente, baseando-se naquilo que cada um tem de melhor. Não tente fazer tudo sozinho, encontre parceiros cujos talentos complementam os seus.

Portanto, o que você deve fazer é arriscar. No entanto, procure levar em conta os riscos que você está assumindo, para que você não se arrependa das decisões tomadas. Lembre-se de que nesse caso decisões erradas podem ter consequencias muito grandes.





Como decorar um imóvel alugado

Estas dicas vem do blog Vida Organizada.




Veja o contrato do aluguel para saber o que pode e o que não pode ser feito no apartamento. Sempre tem algumas paredes que não podem ser furadas porque têm canos ou alguma modificação que você não possa fazer por qualquer motivo.
Tinta é o elemento decorativo mais fácil para mudar a decoração e, se o imóvel não estiver com a pintura nova, vale a pena pintar porque causa efeito imediato. Porém, se a pintura estiver nova, considere manter como está (pelo menos por enquanto) e investir nas cores dos acessórios. Outra alternativa é usar papel de parede.

Pense em móveis 1) fáceis de desmontar e 2) que sejam versáteis, que sirvam para outros imóveis também.
Se o box não for fechado, considere a instalação. Pode valer mais a pena que deixar o banheiro molhado durante toda a sua estada ali ou a troca de cortinas a cada mofo que elas tiverem.
Otimize os espaços nos armários instalando gaveteiros, pequenas estantes e prateleiras que não precisam de furos.

Se o chão for nivelado, você pode revestí-los com pisos de aplicação direta sobre cerâmica, laminados etc. Se informe na loja de materiais para construção. Caso não queira fazer esse tipo de instalação, coloque tapetes grandes.
Sempre invista nos acessórios! Cortinas, almofadas, toalhas de mesa e roupa de cama mudam totalmente a cara de cada cômodo.
Você pode pintar os azulejos com tinta epóxi e os rejuntes com tinta específica para isso, deixando-os como novos. Outra solução para os azulejos é adesivá-los com cores e estampas da sua escolha.

Em vez de instalar iluminação, invista em boas luminárias de chão.
Use quadros para decorar aquela parede com avarias. Adesivos são soluções baratas também.
Use papel de parede para forrar armários. Verifique a possibilidade de pintá-los, se não forem de uma cor neutra.


Como manter as formigas longe da cozinha



O aparecimento de formigas na cozinha é um problema muito comum. Quando elas resolvem entrar dentro de casa, é um sufoco: podem ser encontradas dentro de aparelhos eletrodomésticos, em cima da pia, nos aparelhos de som, vídeo, geladeiras, televisores, fornos de microondas, aparelhos telefônicos e até mesmo nos computadores. Para te ajudar a eliminar de vez esse problema, Casa Linda conversou com o idealizador da Franquia DDO – especializada em limpezas pesadas e profundas Alexandre Ortega. Confira:


Tipos de formigas

Não importa se você mora em casa ou apartamento: as “formigas urbanas” tendem a aparecer com frequência em qualquer lugar. “Segundo pesquisadores, existem de 20 a 30 espécies assim caracterizadas, desde as muito pequeninas, chamadas ‘fantasma’ – pequenas e quase transparentes, até as bem grandes, pretas ou marrons – louca e a faraó, que inclusive picam e machucam a pele”, aponta Alexandre.

Ele ainda acrescenta que as formigas domésticas, no geral, são onívoras, portanto procuram alimentos diversos como mel, xaropes, carnes, óleos, açúcares, queijos e proteínas.

Como evitar a infestação

Entre os fatores que favorecem o aparecimento e infestação por formigas, está a falta de umahigienização correta dos ambientes. “Elas encontram alimento farto dentro das casas e ficam protegidas de seus predadores naturais, por isso acabam fazendo seus ninhos dentro das residências”, explica o especialista.

Portanto, para acabar com a festa das formigas, deve-se adquirir alguns hábitos simples e que trazem bons resultados:

- Evite levar alimentos para a sala ou quarto;
- Não deixe restos de alimentos em pratos ou panelas pela casa;
- Limpe todo o ambiente após o preparo de alimentos e após as refeições;
- Mantenha as lixeiras sempre fechadas;
- Utilize soluções caseiras nos buraquinhos onde as formigas fazem os ninhos e feche definitivamente as frestas com rejunte, massa de vidraceiro ou até mesmo sabão em pasta.

Produtos indicados para eliminar as formigas

O idealizador da DDO afirma que a tarefa de evitar a entrada das formigas em casa não é tão simples, já que seus ninhos podem chegar em vasos e até em caixas de papelão. Nos prédios elas podem transitar inclusive pelos conduítes.

“Uma boa dica para evitar que elas apareçam é borrifar vinagre branco na cozinha após a limpeza. O produto afasta as formigas”, conta Alexandre. “Também é preciso verificar por onde elas entram e saem e injetar nos buracos uma solução de água com detergente, por meio de uma seringa. O detergente retira a camada de cera que protege as formigas e elas morrem por desidratação”, completa.

Ele ainda recomenda evitar o uso de veneno, pois é muito perigoso, principalmente se tiver crianças ou animais em casa. “Dentro do açucareiro é só colocar alguns cravos da Índia. Esses podem ser espalhados em saquinhos de tule, nas gavetas e armários”, ensina o profissional.

Hábitos que ajudam a combater as formigas

A maioria das formigas pretas ou de jardim entra nas casas para procurar alimentos. Dessa forma, para garantir que não haja alimentos disponíveis para elas, siga as dicas do especialista:

- Tape sempre os alimentos – nunca se sabe por onde andaram as formigas antes de passearem por cima dos seus alimentos;
- Limpe imediatamente todos os vestígios de alimentos ou líquidos que deixar cair;
- Limpe sempre as áreas que ficam embaixo dos eletrodomésticos da cozinha para remover todos os vestígios de alimentos;
- Mantenha as latas de lixo sempre bem fechadas;
- Não deixe vestígios de alimentos nos potes de comida dos animais de estimação. Lave-os sempre que eles terminarem de comer.

Consultoria
Alexandre Ortega – idealizador da Franquia DDO, que conta com a DDO Limp, especializada em limpezas pesadas e profundas. Para situações específicas, atípicas e consideradas pesadas ou de difícil solução, a empresa proporciona uma verdadeira higienização, eliminando ácaros, formigas e poeira profunda, promovendo limpeza, higiene e bem estar em qualquer ambiente.